Pesquise neste blog.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Algarobeira, a planta mágica!

Outro dia estava em uma das minhas atividades infantis e no meio do evento ofereceram para as crianças galletitas de “chocolate”, alfajor, Browne... Deliciosos!! Ao conversar com a representante das iguarias, que eram do “El Almacén de los Chicos” , me surpreendi quando ela comentou que não havia nada de chocolate na composição e sim uma farinha especial, extremamente nutritiva chama “Farinha de algaroba”. Opa!!! Despertou a curiosidade e fui então saber mais sobre essa tal farinha e fiquei surpresa. Resolvi então dividir com vocês o que descobri.

A algarobeira é uma espécie vegetal arbórea da família Fabaceae (leguminosae). É conhecida também pelos nomes: algaroba, algarobeira, algarobo. Pouco exigente em água, cuja ocorrência, em sua forma natural, se dá em zonas tropicais áridas. Devido a essa característica e capacidade de se desenvolver bem em solos secos e de baixa fertilidade confere o grande potencial desta leguminosa como fonte geradora de alimentos para o homem. O uso das vagens da algaroba na alimentação humana data desde o descobrimento quando os espanhóis chegaram a América do sul, e encontraram os índios utilizando os frutos da algarobeira na alimentação, principalmente nas regiões semi-desérticas que se estendem do sul do equador ao centro do Chile e da Argentina.
Os frutos da algarobeira contém sacarose e outras substâncias que se transformadas em farinha pode ser utilizada na fabricação de bolos, Paes, biscoitos, geléias, mel, pudins, sopas etc, com alto teor nutritivo. Segundo estudos realizados verificou-se que 100g de vagens, proporcionavam 333 calorias, 13g de água, 16g de proteínas, 3,2g de gorduras, 65,8g de hidratos de carbono, 108g de fibra bruta, 3,3g de cinzas, 450mg de cálcio, 627mg de fósforo e 6,6mg de ferro, alem de 0,33mg de vitaminas B1 e 2,6mg de vitamina B6. Na indústria pode ser ainda ser aproveitada na produção de álcool, bebidas (aguardente, licor, vinho, mel, vinagre.). Da semente de algaroba também é extraída uma importante e valiosa matéria prima agroindustrial (goma LBG e Guar) um hidrocolóide usado amplamente na formulação de sorvetes, queijos, molhos, iogurtes, etc. Devido suas múltiplas aplicações e usos a algarobeira é reconhecida como "PLANTA MÁGICA”.

Depois de saber do potencial nutricional dessa farinha, corri atrás para comprar. Achei em uma lojinha tipo "Mundo verde" aí do Brasil e tenho feito guloseimas nutritivas divinas para as crianças. Recomendo...Vai uma receitinha:

Bolo de algaroba
Ingredientes: Três ovos, três colheres de sopa de margarina, duas xícaras de açúcar, uma xícara de leite integral, uma xícara de farinha integral de algaroba, duas xícaras de farinha de trigo com fermento, cravo, canela e erva-doce a gosto.
Modo de fazer: Bata tudo no liquidificador, começando pelos os ovos, margarina e o açúcar; em seguida, introduza o leite e as farinhas aos poucos, até formar uma mistura homogênea e cremosa. Adicione cravo, canela e erva-doce (triturados) a gosto, coloque em uma forma untada com margarina e trigo e deixe assar por 35 minutos.

5 comentários:

  1. Que bom que gostou!

    ResponderExcluir
  2. Oi Karla,
    Aqui em casa todos adoramos o bolo. Obrigado pelo dica e a receita. Aproveito para pedir dicas de como fazer uma salada de frutas que preserve da melhor forma possivel as vitaminas contidas nas frutas, visto que o consumo da salada não é imediatamente após a realização da mesma.
    Mara Lucia y familia

    ResponderExcluir
  3. Mara fico feliz que a receita tenha feito sucesso!!! Ainda mais sabendo que o júri técnico aí é bem exigente.
    Quanto a salda de frutas não tem muito para onde correr, se não comer na hora do preparo as vitaminas vão oxidando e com isso vão perdendo seu potencial bioativo, no entanto, os minerais e as fibras continuam sendo bem aproveitados. O que eu poderia recomendar é que se mantenha o recipiente de armazenamento da salada de frutas bem fechado e sob baixas temperaturas, assim retardamos um pouco as perdas.
    Agora tenho duas dicas práticas, corte a banana com uma faca banhada no limão, assim demora a escurecer e o que não for consumido na hora do preparo pode virar um suco misto no mesmo dia, assim não se armazena por muito tempo e garantimos os seus benefícios.
    Mil Bjs!

    ResponderExcluir

Comente à vontade.

Veja também!

Related Posts with Thumbnails